RPV: Tempo de Pagamento, Beneficiários e Procedimentos

Publicado em 26/01/2024

Instruções importantes para quem tem uma RPV!

RPV: Tempo de Pagamento, Beneficiários e Procedimentos

Introdução:

A princípio, receber valores a que se tem direito é sempre um processo que gera expectativas e dúvidas. Quando se trata de Requisições de Pequeno Valor (RPV), a situação não é diferente.

Neste artigo, detalharemos alguns dos aspectos importantes relacionados à RPV, respondendo, principlamente, perguntas como: quanto tempo leva para se receber o pagamento, quem tem o direito de receber, quem é responsável pelo pagamento e como verificar o valor atribuído ao RPV usando o CPF.

Quanto tempo demora o pagamento do RPV?

A primeira questão que muitos têm em mente ao aguardar o pagamento de um RPV é: quanto tempo demora para depositarem efetivamente esse valor na conta do beneficiário?

A resposta para essa pergunta pode variar. Pois o tempo de espera está sujeito a diferentes fatores, como a complexidade do processo judicial, o volume de demandas no tribunal e a eficiência do órgão responsável pelo pagamento.

Em geral, o processo para o pagamento do RPV costuma ser mais ágil do que outros tipos de precatórios

O prazo pode variar de alguns meses a até mesmo alguns anos, dependendo das circunstâncias específicas do caso. 

É sempre recomendável consultar o órgão responsável pela execução do pagamento para obter informações mais precisas sobre o status do processo.

RPV: Tempo de Pagamento, Beneficiários e Procedimentos

Quem tem direito a receber RPV?

Decisões judiciais que condenam o poder público ao pagamento de valores a indivíduos, sejam eles cidadãos comuns, empresas ou entidades, associam-se ao direito de receber uma Requisição de Pequeno Valor.

Neste artigo, destacamos que o RPV se destina a quantias menores comparadas aos precatórios, que são requerimentos para pagamento de quantias mais significativas. 

Geralmente, a legislação local pode variar o teto para categorizar um crédito como RPV, mas normalmente estabelece um valor que não excede 60 salários mínimos.

Quem deve pagar o RPV?

A Requisição de Pequeno Valor (RPV) é uma espécie de requisição de pagamento expedida pelo Poder Judiciário com a finalidade de que a Fazenda Pública pague a quantia que deve ao credor, decorrente de uma condenação judicial definitiva.

A responsabilidade pelo pagamento do RPV recai sobre o ente público condenado judicialmente. 

Isso significa que prefeituras, governos estaduais e a União são os principais devedores quando se trata de RPV. Esses entes públicos são obrigados a cumprir a decisão judicial e efetuar o pagamento no prazo determinado.

O prazo para pagamento do RPV é de 60 dias, contados da data de expedição da requisição. 

Assim, o pagamento do RPV é uma obrigação legal que os órgãos públicos devem cumprir.

RPV: Tempo de Pagamento, Beneficiários e Procedimentos

Como consultar RPV pelo CPF?

Para verificar o valor atribuído a uma RPV, utilizando o CPF, é necessário seguir alguns passos específicos. 

Primeiramente, o beneficiário deve ter em mãos o número de seu CPF ou número do processo judicial que resultou na condenação do ente público ao pagamento do RPV.

Com o número do CPF e o processo em mãos, é possível acessar o sistema online do tribunal responsável pela decisão. 

Geralmente, os tribunais disponibilizam uma aba ou página destinada à consulta de precatórios e RPVs. Isso permitirá a verificação do andamento do processo, incluindo informações sobre o valor do RPV a ser pago.

Caso não seja possível obter essas informações diretamente pelo sistema online do tribunal, é recomendável entrar em contato com o advogado responsável pelo caso. 

Os advogados têm acesso a informações detalhadas sobre processos judiciais e podem fornecer ao beneficiário os dados necessários sobre o valor do RPV.

RPV: Tempo de Pagamento, Beneficiários e Procedimentos

Conclusão:

Em resumo, o processo de recebimento de uma Requisição de Pequeno Valor envolve diversos aspectos, desde o tempo necessário para o pagamento até a identificação dos beneficiários e o cumprimento da obrigação por parte dos entes públicos. 

Dessa forma, é fundamental que os beneficiários estejam cientes de seus direitos e sigam os procedimentos adequados para assegurar o recebimento do RPV ao qual têm direito.

Afinal, a transparência nos processos judiciais, aliada à cooperação entre beneficiários, advogados e órgãos públicos, contribui para um sistema mais eficiente e justo. 

E ao compreenderem o funcionamento do RPV e suas nuances, os cidadãos podem enfrentar esse processo com mais conhecimento e confiança, garantindo que respeitem seus direitos.

RPV: Tempo de Pagamento, Beneficiários e Procedimentos
Cássia Dantas

Cássia Dantas

Redatora

Consulte o andamento do seu processo e o valor da sua RPV
É muito fácil antecipar sua RPV. Preencha o formulário e um de nossos atendentes vai entrar em contato com você.
Please enable JavaScript in your browser to complete this form.

Acompanhe nossas Redes:

Canal de Relacionamento:

(61) 9426-6387(9h às 19h de segunda a sexta, exceto domingos e feriados)

SAC: 

(61) 99263-6799(9h às 19h de segunda a sexta, exceto domingos e feriados)

Setor Bancário Sul – Quadra 2 Bloco S  Cobertura do Ed. Empire Center 
CEP 70070-904 Brasília/DF

Aviso Legal: O LCbank atua exclusivamente na compra e intermediação de Precatórios, RPVs, direitos creditórios e ativos judiciais. Não somos e nem atuamos como instituição financeira. LCbank – CNPJ 43.945.933/0001-64

Open chat
Receba já o seu dinheiro
Quer antecipar sua RPV, Processo contra o INSS, Precatório do INSS (Federal)? O LCB vai te ajudar agora!